quinta-feira, 2 de abril de 2009

Cores!

Vermelho: viva a vida com fortes emoções.
Excelentes para o coração e para a memória, os alimentos de cor vermelha são uma ótima fonte de carotenóides, precursores da vitamina A. Além de fortalecer os olhos e pele, auxiliam na saúde do trato urinário e atuam também na prevenção de câncer.

Laranja: passe a vida com mais intensidade.
Frutas e vegetais alaranjados ajudam na produção de energia, mantêm a saúde do coração, da visão e do sistema imunológico. Eles contêm vitamina C, antioxidante fundamental para a proteção das células, e também são ricos em carotenóides.

Roxo: seus momentos vão ficar inesquecíveis.
Alimentos de cor roxa fortalecem a memória, diminuem os riscos de câncer, mantém a saúde da pele, nervos, rins e aparelho digestivo. Isso porque eles contêm minerais, potássio, vitamina C e também niacina (vitamina do complexo B).

Verde: encare todos os desafios da vida.
Alimentos de cor verde são excelentes para ossos, dentes e para a saúde dos olhos, porque são ricos em cálcio, fósforo e ferro. Promovem o crescimento, auxiliam na coagulação, na produção de glóbulos vermelhos e diminuem a fadiga mental.

Branco: você merece viver com paz e tranqüilidade.
Controlar o colesterol e a saúde do coração são alguns dos benefícios que os alimentos de cor branca trazem. Neles encontramos vitaminas do complexo B e os flavanóides, que atuam na proteção das células. Auxiliam também na produção de energia e inibem o aparecimento de coágulos na circulação.

terça-feira, 17 de março de 2009

Benefícios do alho

Muitas pesquisas enfocam os efeitos do alho no colesterol e na pressão arterial e indicam que uma substância química, a alicina, que se forma quando ele é esmagado reduz os níveis de colesterol e promove a diminuição da pressão arterial. Os benefícios do alho podem ser atribuídos a sua ação antioxidante, combatendo os radicais livres, sendo esses altamente reativos, prejudicando a estrutura celular e o funcionamento normal do metabolismo da célula. Há evidências de que ele dissolve as proteínas formadoras de coágulo, que podem afetar o desenvolvimento da placa aterosclerótica. Outras pesquisas em andamento indicam que o alho contém potencial anticancerígeno.

sábado, 14 de março de 2009

Sódio

O sódio é um mineral presente em grande quantidade no sal de cozinha e em alimentos salgados. Suas principais funções em nosso corpo são:
- Atuar no equilíbrio hídrico e volume sanguíneo
- Auxiliar na transmissão dos impulsos nervosos
- Participar das contrações musculares
- Auxiliar o transporte de glicose e de alguns aminoácidos
Como perdemos sódio através da sudorese, em algumas situações justifica-se a sua ingestão durante o exercício. A concentração de sódio no suor varia individualmente, de acordo com vários fatores, com a idade, o grau de condicionamento e a aclimatização ao calor. A concentração média de sódio no suor de um adulto está em torno de 40mEq/litro. Esta perda seria irrelevante, se não fosse o risco de hiponatremia, concentração de sódio plasmático menor que 130mEq., decorrente de uma reposição hídrica com líquidos isentos de sódio ou com pouco sódio, principalmente em eventos muito prolongados. A diminuição da osmolaridade plasmática (quantidades de partículas ativas em 1 litro de sangue) produz um gradiente osmótico entre o sangue e o cérebro, causando apatia, náusea, vômito, consciência alterada e convulsões, que são algumas das manifestações neurológicas da hiponatremia.

quinta-feira, 12 de março de 2009

Mel

O mel é um alimento energético de alta qualidade. A ingestão de mel permite uma alimentação imediata e intensiva de todo o sistema muscular, especialmente os músculos do coração, através da glicose invertida. Por outro lado, a frutose (o açúcar das frutas) existente em grande quantidade no mel, é armazenado no fígado na forma de glicogênio para ser utilizada quando o organismo precisar. Por isso é uma fonte energética muito importante para os atletas e para os idosos. O mel possui a maioria dos elementos minerais essenciais para o organismo humano, especialmente os oligo-minerais ( ex. selênio, manganês, zinco, cromo, alumínio).

quinta-feira, 5 de março de 2009

Vida de nutricionista

NUTRICIONISTA...

não bebe, lesa as células hepáticas.
não beija, permuta microorganismos.
não se apaixona, alimenta sentimentos.
não tem foguinho, tem fogão.
não se apaixona, sofre reações químicas.
não namora, alimenta sentimentos.
não come, degusta.
não come, combina: proteínas + carboidratos + lipídios.
não come doce, ingere CHO de alto índice glicêmico.
não respira, quebra carboidratos.
não faz comida, ensina a comer.
não faz exercício, queima calorias.
não lava louça, higieniza utensílios.
não chora, produz secreções lacrimais.
não fala, coordena vibrações nas cordas vocais.
não pensa, faz sinapses.
não admite algo sem resposta, analisa o hereditário.
não espera retorno de chamadas, espera feedback.
não tem dor de estômago, tem desconforto gástrico.
não toma remédio, utiliza fármacos.
não tem depressão, tem disfunção no hipotálamo.
não é universitário, é profissional em treinamento.

terça-feira, 3 de março de 2009

Alimentação e atividade física

Uma boa alimentação é fundamental para quem busca saúde. A prática de exercícios aliada a uma alimentação saudável leva a resultados surpreendentes, chegando-se a conclusão de que uma completa a outra. Algumas regras são fundamentais e podem ser aplicadas de maneira geral, como:

- Nunca iniciar uma atividade física em jejum ou após muitas horas sem se alimentar. Além de piorar o rendimento, se o objetivo for redução de peso, você só estará atrapalhando o processo de queima de gordura do organismo;

- Manter o corpo hidratado. A falta de líquido leva a sinais de fadiga, que certamente irão prejudicar o desempenho no esporte. A sede já é um sinal de que o corpo está desidratado;

- Adequar à alimentação ao horário em que iniciar o exercício. A alimentação que deverá ocorrer antes e depois dele, irá mudar de acordo com cada período do dia;

- Não “pular” refeições. Esta prática irá fazer com que o corpo tente economizar mais energia durante o dia para não ser prejudicado;

- Uma alimentação equilibrada irá melhorar o estado de saúde, permitindo que a ocorrência de gripes, e outras doenças ocorra com menor freqüência;

- Não exclua grupos alimentares do hábito alimentar sem ter acompanhamento de um nutricionista. Você poderá prejudicar seu organismo a longo prazo.


video

sábado, 28 de fevereiro de 2009

A importância dos sais minerais

Os minerais não podem ser sintetizados pelo organismo devendo ser obtidos através da alimentação. Não fornecem calorias, mas se encontram no organismo desempenhando diversas funções. Os minerais possuem papéis essenciais, como constituintes estruturais dos tecidos corpóreos, por exemplo, o cálcio e o fósforo que formam os ossos e dentes; como reguladores orgânicos que controlam os impulsos nervosos, atividade muscular e o balanço ácido-base do organismo; como componentes ou ativadores/reguladores de muitas enzimas. Além disso, muitos minerais estão envolvidos no processo de crescimento e desenvolvimento corporal. Como componentes dos alimentos, os minerais participam no sabor, ativam ou inibem as enzimas e outras reações que influem na textura dos alimentos. Cada mineral é requerido em quantidades específicas, numa faixa que varia de microgramas a gramas por dia. Dessa maneira, é importante lembrar que o excesso na ingestão de um pode acarretar prejuízos na absorção e utilização de outro. Por exemplo, a absorção de zinco pode ser afetada por suplementação de ferro, enquanto a ingestão em excesso de zinco pode reduzir a absorção de cobre. Os minerais também são importantes na prática esportiva, pois durante o exercício físico a perda de água pelo suor é sempre acompanhada pela perda de eletrólitos, de sais, especialmente sódio, cloreto, potássio, magnésio e cálcio. Assim, a falta destes pode levar ao aparecimento de cãibras musculares.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Suco de clorofila

O suco de clorofila é a grande novidade em matéria de sucos naturais, considerada por muitos pesquisadores como a fonte de nutrição mais balanceada do planeta. Seus 103 nutrientes entre vitaminas, proteínas e sais minerais trazem benefícios indiscutíveis. O trigo contém mais vitamina A do que uma cenoura, possui vitamina E que ajuda na prevenção de radicais livres, elementos responsáveis pelo envelhecimento, além de conter todo complexo B (favorece a regeneração celular). No broto de trigo encontram-se alguns minerais importantes como o Magnésio (alivia o stress) e o Potássio (tonifica os músculos e enrijece a pele). O consumo destes nutrientes vitais melhora a disposição porque ajudam a repor energia. Beber um copo por dia equivale suprir toda a carência de alimentos verdes que um ser humano precisa.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Carnaval

O carnaval pode ser considerado uma maratona e por isso exige uma alimentação reforçada. Na véspera da folia, é recomendado consumir mais carboidratos, como: arroz, pães, macarrão, batata e aveia. As versões integrais sustentam por mais tempo, por isso são mais indicadas. Antes da folia são recomendadas as frutas, que são ricas em água e sais minerais. Depois da maratona, além de consumir carboidratos, as proteínas também são importantes, podendo ser encontradas em carnes magras, ovo e feijão. Confira algumas receitas deliciosas no Portal Nutrição em Foco.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Alimentos orgânicos

Alimentos orgânicos são aqueles cultivados de maneira especial, livre de agrotóxicos e são produzidos em solo trabalhado. Não possuem hormônios de crescimento, anabolizantes e outras drogas. Favorecem o organismo e ainda o meio ambiente, pois são isentos de qualquer tipo de adubo químico bem como pesticidas. Também não utilizam sementes transgênicas para o cultivo, já que nessa especialidade alimentícia o produtor não pode modificar as características reais do solo e do meio a serem utilizados no plantio.


video

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Sucos

Suco de maçã: os poderes anti-oxidantes da maçã fazem deste suco um dos mais saudáveis. Ajuda a combater radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento e pela desregulação do organismo.

Suco de uva: também um poderoso anti-oxidante, com a vantagem de que ajuda a reduzir o colesterol e melhorar a circulação sanguínea.


Suco de melancia: um ótimo diurético. Se misturado com morango, o suco também ajuda na boa circulação do sangue.


Suco de abacaxi: um santo remédio para má digestão, porque concentra uma grande quantidade de enzimas. Assim como os sucos de figo e gengibre, o de abacaxi ajuda a controlar o colesterol no sangue e contribui para o bom funcionamento da vesícula biliar.


Suco de mamão: por causa das propriedades digestivas do mamão, o suco ajuda a manter o intestino funcionando corretamente.
Confira algumas receitas de sucos no Portal Nutrição em Foco.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Sucos naturais

Saborosos e benéficos para adultos e crianças, os sucos naturais são aliados importantes para uma vida saudável. São boas fontes de fibras alimentares, principalmente se não forem coados ou peneirados. Há ainda a opção de preparar sucos naturais que misturam frutas com legumes ou verduras. Eles são responsáveis pelo aumento das defesas do organismo. Uma dica importante é a ingestão de sucos 30 minutos antes das refeições, para ajudar na absorção dos nutrientes. Além disso, é importante que os sucos naturais sejam consumidos em, no máximo, 30 minutos depois de serem preparados, para que não percam suas propriedades nutritivas.


Alguns benefícios dos sucos naturais:

* Melhora do sistema cardiovascular, controle da hipertensão e auxilia a desintoxicação do sangue.

* Aumenta a disposição e a hidratação, suavizando a pele e dando mais brilho aos cabelos.

* Contribui para a qualidade do sono, da memória e da lucidez.




* Ativa o sistema imunológico, previne o câncer e aumenta a resistência a gripes e resfriados.




* Aumenta o volume e o trânsito intestinal, prevenindo problemas de constipação.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Benefícios do chocolate

O chocolate sempre foi o vilão número um das dietas, porém alguns benefícios podem superar os prejuízos. O chocolate estimula a produção de serotonina, que é uma substância do cérebro que melhora o humor, ajuda a combater a depressão, a ansiedade e estimula os centros de prazer e bem-estar. Além disso contém substâncias estimulantes como a cafeína e a teobromina que agilizam o raciocínio. Contém vitamina E, antioxidante importante que evita a formação de placas de gorduras nas artérias e combate o colesterol. Portanto, se consumido com bom senso seria um aliado na prevenção de doenças cardiovasculares. Mas sem exageros! O chocolate é composto em grande parte por açúcar e gorduras, fazendo com que tenha uma alta densidade energética. Confira algumas receitas com chocolate no Portal Nutrição em Foco.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Fique por dentro!

Quem diria, uma simples frutinha como a goiaba com tantas propriedades benéficas ao nosso organismo. Para quem não sabe, a goiaba é uma fruta de alto valor nutritivo, contém grande quantidade de vitamina A, B1, C, cálcio, fósforo, ferro e fibras solúveis. Além de não conter muito açúcar, gordura e calorias (o que é muito bom para quem esta de dieta), auxilia no combate a infecções e hemorragias, fortifica os ossos, os dentes e o músculo cardíaco, melhora a cicatrização e o aspecto da pele, retardando o envelhecimento, regula o aparelho digestivo, o sistema nervoso e dá maior resistência física. E para quem adora essa frutinha, vale a pena conferir algumas receitas deliciosas no portal Nutrição em Foco.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Diet e Light

Gente, hoje vou esclarecer uma dúvida que é muito freqüente entre as pessoas que preocupam em adequar sua alimentação a um estilo de vida mais saudável, além de manter a boa forma e a saúde. O que muita gente não sabe é que o termo diet e light são completamente diferentes. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA, o termo “diet” pode ser utilizado para alimentos exclusivamente empregados para controle de peso ou pode ser utilizado para atender um tipo específico de dieta, com restrição total de um determinado componente como; a substituição do açúcar para os diabéticos, do sódio para os hipertensos, do colesterol para os hipercolesterolêmicos e das proteínas para os portadores de insuficiência renal. Em contrapartida, o termo "light" deve ser empregado aos produtos que apresentam uma redução de no mínimo 25% em determinado nutriente ou caloria quando comparado ao produto convencional. Porém só será efetivo para perda de peso caso seja consumido na mesma quantidade do alimento tradicional. O consumidor deve ficar atento ao rótulo dos produtos, pois um alimento “diet” pode ser mais calórico que o convencional. O importante antes do consumo destes alimentos é verificar no rótulo o número de calorias que cada um contém e verificar se atendem ou não as suas necessidades. Agora é só colocar em prática.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Meu nome é Camila Margonari, curso o 6 período de nutrição na Universidade Católica de Goiás (UCG), e faço parte do corpo técnico do Portal Nutrição em Foco. A minha paixão por nutrição surgiu desde pequena e desde então só vem crescendo. O mundo da nutrição me fascina a cada dia que passa. Compartilharei com vocês alguns assuntos fascinantes da nutrição.