terça-feira, 17 de março de 2009

Benefícios do alho

Muitas pesquisas enfocam os efeitos do alho no colesterol e na pressão arterial e indicam que uma substância química, a alicina, que se forma quando ele é esmagado reduz os níveis de colesterol e promove a diminuição da pressão arterial. Os benefícios do alho podem ser atribuídos a sua ação antioxidante, combatendo os radicais livres, sendo esses altamente reativos, prejudicando a estrutura celular e o funcionamento normal do metabolismo da célula. Há evidências de que ele dissolve as proteínas formadoras de coágulo, que podem afetar o desenvolvimento da placa aterosclerótica. Outras pesquisas em andamento indicam que o alho contém potencial anticancerígeno.

sábado, 14 de março de 2009

Sódio

O sódio é um mineral presente em grande quantidade no sal de cozinha e em alimentos salgados. Suas principais funções em nosso corpo são:
- Atuar no equilíbrio hídrico e volume sanguíneo
- Auxiliar na transmissão dos impulsos nervosos
- Participar das contrações musculares
- Auxiliar o transporte de glicose e de alguns aminoácidos
Como perdemos sódio através da sudorese, em algumas situações justifica-se a sua ingestão durante o exercício. A concentração de sódio no suor varia individualmente, de acordo com vários fatores, com a idade, o grau de condicionamento e a aclimatização ao calor. A concentração média de sódio no suor de um adulto está em torno de 40mEq/litro. Esta perda seria irrelevante, se não fosse o risco de hiponatremia, concentração de sódio plasmático menor que 130mEq., decorrente de uma reposição hídrica com líquidos isentos de sódio ou com pouco sódio, principalmente em eventos muito prolongados. A diminuição da osmolaridade plasmática (quantidades de partículas ativas em 1 litro de sangue) produz um gradiente osmótico entre o sangue e o cérebro, causando apatia, náusea, vômito, consciência alterada e convulsões, que são algumas das manifestações neurológicas da hiponatremia.

quinta-feira, 12 de março de 2009

Mel

O mel é um alimento energético de alta qualidade. A ingestão de mel permite uma alimentação imediata e intensiva de todo o sistema muscular, especialmente os músculos do coração, através da glicose invertida. Por outro lado, a frutose (o açúcar das frutas) existente em grande quantidade no mel, é armazenado no fígado na forma de glicogênio para ser utilizada quando o organismo precisar. Por isso é uma fonte energética muito importante para os atletas e para os idosos. O mel possui a maioria dos elementos minerais essenciais para o organismo humano, especialmente os oligo-minerais ( ex. selênio, manganês, zinco, cromo, alumínio).

quinta-feira, 5 de março de 2009

Vida de nutricionista

NUTRICIONISTA...

não bebe, lesa as células hepáticas.
não beija, permuta microorganismos.
não se apaixona, alimenta sentimentos.
não tem foguinho, tem fogão.
não se apaixona, sofre reações químicas.
não namora, alimenta sentimentos.
não come, degusta.
não come, combina: proteínas + carboidratos + lipídios.
não come doce, ingere CHO de alto índice glicêmico.
não respira, quebra carboidratos.
não faz comida, ensina a comer.
não faz exercício, queima calorias.
não lava louça, higieniza utensílios.
não chora, produz secreções lacrimais.
não fala, coordena vibrações nas cordas vocais.
não pensa, faz sinapses.
não admite algo sem resposta, analisa o hereditário.
não espera retorno de chamadas, espera feedback.
não tem dor de estômago, tem desconforto gástrico.
não toma remédio, utiliza fármacos.
não tem depressão, tem disfunção no hipotálamo.
não é universitário, é profissional em treinamento.

terça-feira, 3 de março de 2009

Alimentação e atividade física

Uma boa alimentação é fundamental para quem busca saúde. A prática de exercícios aliada a uma alimentação saudável leva a resultados surpreendentes, chegando-se a conclusão de que uma completa a outra. Algumas regras são fundamentais e podem ser aplicadas de maneira geral, como:

- Nunca iniciar uma atividade física em jejum ou após muitas horas sem se alimentar. Além de piorar o rendimento, se o objetivo for redução de peso, você só estará atrapalhando o processo de queima de gordura do organismo;

- Manter o corpo hidratado. A falta de líquido leva a sinais de fadiga, que certamente irão prejudicar o desempenho no esporte. A sede já é um sinal de que o corpo está desidratado;

- Adequar à alimentação ao horário em que iniciar o exercício. A alimentação que deverá ocorrer antes e depois dele, irá mudar de acordo com cada período do dia;

- Não “pular” refeições. Esta prática irá fazer com que o corpo tente economizar mais energia durante o dia para não ser prejudicado;

- Uma alimentação equilibrada irá melhorar o estado de saúde, permitindo que a ocorrência de gripes, e outras doenças ocorra com menor freqüência;

- Não exclua grupos alimentares do hábito alimentar sem ter acompanhamento de um nutricionista. Você poderá prejudicar seu organismo a longo prazo.


video